domingo, 2 de outubro de 2016

Teu povo não vai te deixar cair

Gigante pela própria natureza. | Foto: Félix Zucco
O aplicativo do celular notificou o gol, mas o delay da TV adiou minha comemoração. Depois de exatos 60 segundos pude sentir. E senti em dobro. Vitinho libertou o grito de gol entalado em minha garganta, resgatou a emoção perdida durante a temporada, soltou as lágrimas de alívio e inundou meu coração de alegria. Enquanto a torcida cantava no Beira-rio, eu aqui de Minas repetia baixinho: "o Inter não vai cair, o Inter não vai cair".

Curta nossa fanpage!